Rota Bioceânica e Ferrovia Ferro Guaraní foram temas de ciclo de palestras em Naviraí

  • Redação:
    Junior Lopes/ Assessoria de Imprensa
  • Publicação:
    18 de agosto de 2022
  • Orgãos Municipais:

A Prefeitura de Naviraí, com apoio da ACEN Associação Comercial e Empresarial – promoveu na noite desta quarta-feira (17/08), um ciclo de palestras que abordaram temas sobre a Integração dos Municípios na Rota Bioceânica. O evento trouxe a Naviraí o Ministro de carreira Diplomática das Relações Exteriores, João Carlos Parkinson de Castro que foi um dos palestrantes da noite. O evento reuniu representantes do comércio, indústria e classe produtora da região. Estiveram presentes os representantes do Poder Executivo dos municípios de Naviraí, Itaquiraí e Jutí.

Evento foi realizado no Anfiteatro da Associação Comercial e Empresarial de Naviraí (Foto: Julio Fernando)

O Diplomata do Ministério das Relações Exteriores João Carlos Parkinson, abordou ministrou palestra que teve como tema “Corredor Rodoviário Bioceânico: Motivações E Benefício”. Parkinson enfatizou que a Rota Bioceânica não oferecerá apenas uma alternativa mais eficiente e econômica para o transporte de cargas. Ela representará mudança importante da logística nacional e da inserção de Mato Grosso do Sul na região e no mercado Internacional, gerando redução dos custos logísticos e dos tempos de viagem.

 

O evento contou ainda com palestras ministrada por Odilon Trindade Valençoela (Idealizador do Projeto de Integração Logística da Ferrovia Internacional Ferro Guaraní) e o uruguaio Martin Garcia Otero, Diretor do Porto Uruguai.

 

Em sua palestra Odilon Trindade detalhou o projeto que visa construir uma ferrovia ligando Ponta Porã (MS) ao porto de Antofagasta no Chile, provendo a integração ferroviária do Mercosul. O projeto prevê, através de estudos já realizados, a construção do Trecho da Grande Dourados com 278 Km de extensão, que pretende ligar Ponta Porã a Naviraí, com a construção de um porto seco. Neste trecho os 07 municípios contemplados pela Ferrovia Internacional Ferro Guaraní serão Ponta Porã, Laguna Carapã, Caarapó, Dourados, Fátima do Sul, Jutí e Naviraí.

 

A Prefeita de Naviraí agradeceu a presença dos empresários presentes e industriários, dos vereadores que estiveram representando o Poder Legislativo, dos prefeitos de Itaquiraí e Jutí e dos palestrantes que abordaram temas que visam fortalecer a economia do Estado e com o traçado da Ferro Guaraní, contemplar o Cone Sul.