Prefeitura de Naviraí recolheu 5.840 kg de Lixo Eletrônico

Campanha realizada pela Gerência de Meio Ambiente contou com total apoio do Gebio, participação da população e parceria com a Associação Recicle

 

A Campanha de Coleta de Lixo Eletrônico, realizada pela Prefeitura de Naviraí recolheu, de 13 a 18 de setembro, 5.440 quilos de materiais eletroeletrônicos inservíveis. A ação foi coordenada pela Gerência Municipal de Meio Ambiente.

População colaborou com a campanha e levou o lixo eletrônico nos pontos de coleta montados pela Gerência de Meio Ambiente. Foto: Roney Minella

 

Para receber o lixo retirado de dentro de residências, escritórios, sótãos garagens e de outros ambientes, foram instalados pontos de coletas na entrada do Parque Natural Municipal do Córrego Cumandaí (Bosque Municipal), em frente a sede do Gebio (Grupo de Estudos em Proteção à Biodiversidade), e nos dias 16, 17 e 18 na Praça Euclides Fabris, em frente ao Paço Municipal.

 

Com a efetiva participação da população, total apoio do GEBIO, do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA) e parceria com a Associação de Recicladores de Lixo Eletro Eletrônicos de Mato Grosso do Sul – Recicle, de Campo Grande, a campanha atingiu os objetivos de proporcionar oportunidade para que todos pudessem fazer o descarte do lixo eletrônico, para a respectiva logística reversa que estará a cargo da Recicle.

O lixo eletrônico ou resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos são computadores, celulares, tablets, aparelhos de fax, instrumentos musicais como teclados, TVs, microondas, lavadoras de louça e de roupa, geladeiras e etc, que acabam descartados por ficarem sem utilidade, seja por impossibilidade de conserto o estarem ultrapassados. Enfim, por não servirem mais para uso.

 

“Como estes materiais não podem ser descartados no lixo comum, fizemos esta coleta e faremos mais campanha desta natureza, como forma de preservação ambiental. Portanto, é mais uma ação ambientalmente correta que desenvolvemos pensando também nas gerações futuras”, afirmou o gerente de Meio Ambiente, Luiz Alberto Ávila da Silva Júnior, ao considerar que a campanha atingiu os objetivos propostos.

 

(Roney Minella – Jornalista DRT/MS 1432)