Rhaiza Matos visita famílias impactadas pela chuva de granizo de sábado

  • Redação:
    Roney Minella
  • Publicação:
    1 de junho de 2021
  • Orgãos Municipais:
  • - Gabinete da Prefeita

Prefeita de Naviraí conheceu de perto os estragos e informou que Prefeitura está fazendo cadastro para atender casos emergenciais

 

A prefeita Rhaiza Matos, acompanhada pelos gerentes Jorge Luiz de Lúcia (Obras) e Gisalda Balta (Administração) e pelo coordenador  Jhonatan Manoel da Silva Araújo (Defesa Civil Municipal) visitou, na tarde desta terça-feira (01-06), famílias que foram impactadas pelo temporal da noite de sábado (29-05), quando uma chuva de granizo de 15 minutos atingiu o município de Naviraí.

 

Karol faz relato à prefeita Rhaiza Matos e mostra telhas que foram substituídas após destelhamento provocado por temporal. Foto: Roney Minella

 

A primeira visita foi à residência de Abimael Lopes de Moraes, à rua Nelson Touro Cavalheiro, no bairro Cidade Jardim. A ventania destelhou toda a casa e Abimael, acamado, nada pode fazer, sendo socorrido pelos familiares.

A filha Deolinda Karolina Moraes (Karol), relatou momentos de desespero. “Sem telhas nos cômodos e demais peças a chuva e o granizo atingiram a casa e molharam todos os móveis. Com apoio de amigos foram comprados 23 eternitões e a casa foi coberta”, contou.

 

Prefeita Rhaiza Matos visitou o aposentado José Batista Balbino que mora sozinho, teve todo o telhado de sua casa perfurado pelo granizo e estendeu lona na cobertura como medida paliativa. Foto: Roney Minella

 

A presidente da Associação de Moradores União e Dinamismo do Bairro Ipê, Joisse dos Santos, apontou à prefeita Rhaiza Matos e aos gerentes municipais que diversas casas tiveram os telhados danificados. Na casa do aposentado José Batista Balbino, 85 anos, situada na rua Jequitibá 473, todo o teto acabou perfurado. A solução temporária foi cobrir com lona.

 

Ao falar com moradores do Ipê a prefeita de Naviraí ouviu vários relatos de destelhamento e de tetos deteriorados pela tempestade. “Nossas equipes da Defesa Civil, da Assistência Social e do setor de Obras estão acompanhando cada caso. Fizemos o cadastramento nominal e, na medida do possível, vamos atender as reivindicações das famílias para resolver os problemas provocados pela tempestade”, anunciou Rhaiza Matos no contato com a população.